Unidade Recife – PE

Whatsapp
(81) 98265-0101

Unidade Fortaleza – CE

Whatsapp
(85) 99163-6739

Unidade Anápolis – GO

Whatsapp
(61) 99695-7807

Unidade Brasília – DF

Whatsapp
(61) 99862-7578

Tratamentos Especiais (Dep. Química)

Tratamentos Especiais

Ou (Dep. Química)

DEPENDÊNCIA QUÍMICA – ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS

A Dependência Química está classificada como doença pela OMS (Organização Mundial de Saúde), prevista no CID 10 (Código Internacional de Doenças – 10ª Edição) e também no DSM-V (Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais – 5ª Edição), em ambos como transtornos mentais e comportamentais devido ao uso abusivo e dependência de substâncias psicoativas.

Devido as especificidades e complexidade dessa patologia e o amplo universo de estudos científicos a cerca dela a Virtude oferece um programa especifico de tratamento em modalidade de internação dividido em fases:

  • 1ª FASE: Acolhimento, Desintoxicação e Adaptação.

  • 2ª FASE: Conscientização e Reformulação.

  • 3ª FASE: Ressocialização, Treino de Habilidades Sociais e Prevenção de Recaída.

  • 4ª FASE: Manutenção – Pós Tratamento.

Saiba Mais

O Modelo Minnesota
O tratamento oferecido na Clínica Virtude para Dependência de Substâncias Psicoativas (álcool e outras drogas) apresenta como fundamentação teórica a metodologia norte-americana do Modelo Minnesota, que se baseia nas seguintes concepções:
• Dependência química é uma doença e não um sintoma de outra patologia;
• É uma doença multifacetada e multidimensional;
• O fator inicial que leva o indivíduo ao alcoolismo/drogadição não está relacionado com o resultado;
• Focalizar na causa que desencadeia o processo e não a pré-disposição para a dependência.

Baseia-se nos seguintes princípios:
1. A meta é tratar, mas não curar. O paciente é motivado a aprender a viver com o seu histórico de drogadição, que é uma condição crônica. Não em procurar as causas e esperar por uma cura;
2. Baseia seu programa de tratamento nos 12 Passos de AA e NA especialmente nos primeiros cinco passos;
3. Recomenda-se abstinência total de substâncias psicoativas;
4. Cria um ambiente onde a comunidade é totalmente aberta e honesta, o que propicia uma troca de experiências em todos os níveis;
5. Tem uma equipe multidisciplinar que inclui um profissional denominado conselheiro terapêutico, que pode ser um alcoólatra ou dependente químico em recuperação;
6. Apresenta um programa essencialmente didático que é aplicável a qualquer pessoa, mas utiliza um plano de tratamento que é específico para cada paciente (Programa Terapêutico Individual ou Singular).

Resumidamente, o Modelo Minnesota propõe uma atitude colaborativa entre os profissionais e os residentes no caminho rumo à recuperação; o tratamento é multidisciplinar, tendo como foco a mudança no estilo de vida e por fim, a reabilitação depende do apoio de sistemas naturais: família, amigos e grupos de mútua ajuda. George De Leon, Ph.D.

PROGRAMA DE REINSERÇÃO SOCIAL
A reinserção social é uma ação complexa que busca resgatar a auto-estima e valorizar as capacidades individuais dos pacientes. Este, portanto, é um processo longo e gradativo, levando em consideração a individualidade de cada pessoa e visando ao resgate do pleno exercício da cidadania. Esta prática busca a superação das diversas inseguranças do paciente, além do retorno ao convívio familiar e a disponibilização de acesso a programas voltados à geração de renda, profissionalização e participação comunitária, alcançando assim, a recuperação integral do indivíduo. Com isso, espera-se que os sujeitos desenvolvam habilidades para viver, aprender, aprimorar sua convivência em sociedade e ampliar sua autonomia. (SOUZA et al , 2016).

Nosso objetivo é que nossos pacientes, através do programa de reinserção social, desenvolvam habilidades sociais, manejo de situações estressantes e conflitantes, resiliência emocional e diversas outras ferramentas terapêuticas que possam colaborar com a estabilização da recuperação, prevenção de recaída e a reinserção social.
Após ser avaliado por nossa equipe e ser considerado apto a imersão no programa, paciente e família são comunicados e esclarecidos sobre o programa e seus benefícios.

• Inclusão na rede de recuperação local.
• Inclusão em cursos de capacitações.
• Inclusão em atividade laboral especifica em ambiente seguro.
• Bolsa incentivo.
• Continuidade de acompanhamento terapêutico, psicológico e psiquiátrico.